Os Libertinos ®️

Jornadas boêmias

Blog

MATRIMÔNIO, CELIBATO & LUXÚRIA — FILOSOFIA DE BOTECO

O filósofo Rousseau escreveu que “na juventude deve-se acumular o saber e na velhice fazer uso dele”, não sei se faço uso de algum saber que adquiri na juventude, levei vida de cigarra, debochando das formigas. Ao contrário de Rousseau, percebo que é na velhice que você aprende refletindo sobre a absoluta inconsequência dos tempos […]

Gisele

“Se sentires as pernas cansadas, abre o peito e inspira fundo.” —Friedrich nietzsche (1883) O mar se movia com preguiça quando estacionei o Sucatão às margens da Praia Vermelha. A noite se fazia densa, o silêncio só permitia o sussurrar leve da brisa que soprava de algum ponto obscuro do horizonte. Não pensei que ela pudesse […]

Cemitério do Caju

O número dos que nos invejam confirma as nossas capacidades. —Oscar Wilde O silêncio se erguia tão absoluto que poderia ser comparado ao eco de um abismo insondável. Fazia frio, eu vestia um antigo sobretudo que me cobria quase até os joelhos, as botas reverberavam meus passos sobre a calçada e a noite cinza insinuava rejeitar […]

Ariel

Insone crônico. Já perdi a conta do número de anos que padeço da dificuldade para dormir à noite, não é uma das experiências mais agradáveis perceber que o dia amanhece sabendo que ainda não cerrei os olhos. Não é fácil se acostumar a condição de vigília involuntária, já fiz tratamentos, consultei neurologista, até psiquiatra, mas nenhuma […]

Amor de Pinóquio

Para mim, a experiência do amor romântico sempre foi uma porta para a humilhação. Talvez, por ter demorado a intuir que o impulso da paixão é uma espécie de loucura momentânea, eu enfrentava problemas para controlá-lo e, principalmente, para lidar com episódios de rejeição sentimental. Tonar-se libertino, como eu gosto de definir, é uma metamorfose […]

Blue House e o existencialismo libertino

O rádio tocava Something In The Way, do Nirvana. O táxi escalava em marcha lenta, num quase sem fôlego que cobiçava o alto da estrada Grajaú – Jacarepaguá. Something In The Way Pela janela, eu contemplava a cidade, cemitério de vivos, se reduzir a pequenos pontos de luz, luzes brancas e amareladas, um pálido véu de […]

Palácio de Cristal (Final)

Admito, tenho absoluta aversão ao conceito de matrimônio e uma poderosa repulsa à ideia de procriar. Talvez, essas convicções anticonvencionais tenham surgido através das minhas leituras de adolescente e da influência profunda que um filósofo alemão despertou em mim, falo de Schopenhauer. Muito cedo, tomei consciência de que a coisa de amor é uma ilusão química, […]

Carta de uma prostituta

1 Há pouco, caminhei pela areia até a beirada da praia, sempre gostei de sentir as lambidas das marolas cansadas molhando meus pés, a água está morna e convidativa. Nunca apreciei escrever, mas decidi improvisar estas palavras, rascunhar meus últimos pensamentos num guardanapo. Toda vida é um rascunho. Nasci aos 27 anos, quando cheguei de […]

Alice, a massagista

Um gaúcho que nunca se interessou em ser gaúcho porque ama a natureza que a Tijuca me infundiu na alma. Quando me perguntam de onde eu sou, respondo que sou tijucano, gentílico único que identifica uma espécie única de cariocas. Quando me questionam onde nasci, respondo que brotei no interior do Rio Grande do Sul, mas […]

Vila Mimosa 1

Giro a chave e o motor do Sucatão grita como uma fera que desperta faminta. Nem a chuva nem a noite alta nos intimidam, os pneus ganham o negrume do asfalto, não há destino, só vontade. Insiro um pen drive aleatório no aparelho de som e a música que transborda incendeia o meu entusiasmo. HOT […]

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.